Acontece na Câmara

Um dos assuntos mais discutidos na última quinta-feira, 11 de outubro, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Alagoinhas, foi a recente notícia de rompimento entre o Prefeito Joaquim Neto e o Deputado Federal Paulo Azi.

Durante o pronunciamento dos parlamentares, o vereador Pastor Lins pontuou: “Joaquim está com a faca e o queijo na mão, tirou o peso, tirou os encostos que estavam com ele. Agora faz o quê? Pega uma boa equipe, monta uma boa equipe e dê a volta por cima”. Complementando ainda na sequência do discurso: “Parabenizo o prefeito. Foi muito macho. Não esperou um ano pra terminar o mandato dele pra fazer. E por isso mesmo eu penso que ainda há tempo de consertar o que estava errado. Vamos esperar. Terça-feira, até terça-feira vai ter muita novidade nessa cidade”.

Sobre o assunto, o vereador Luciano Sérgio destacou: “Pra mim, chegar dois anos de governo e todos os atropelos que o governo Joaquim vem fazendo e sofrendo, eu acho muito difícil resolver nesses dois anos que restam. Eu sinceramente acho que o povo de Alagoinhas perdeu a oportunidade de ter alguém que a governasse. Joaquim deu demonstração, tanto do ponto de vista administrativo político, que não tem tino nem força pra governar um município da magnitude que é Alagoinhas. Tá claro, límpido e transparente. Só não vê quem não quer.”

O vereador tratou também do processo eleitoral e lembrou, com muita tristeza, do assassinato de Moa do Katendê, ocorrido na madrugada do último dia 08 após uma discussão política: “Salvador parou porque Moa: um capoeirista, artesão, dançarino, uma pessoa do povo, um capoeirista que viveu para pregar paz, foi assassinado porque conversava com seu sobrinho que quem é negro, quem tem dificuldade com o racismo precisa votar a favor de Haddad por conta do processo da democracia. Foi suficiente para a intolerância alcançá-lo com 12 facadas…”.

A próxima sessão ordinária será realizada no dia 16 de outubro, às 15h.

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas
Foto – Kekeu Barreto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

fale conosco