AUDIÊNCIA PÚBLICA EM DEFESA À FUNDAÇÃO ANJO DE QUATRO PATAS É REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE ALAGOINHAS

Na última segunda-feira (28) foi realizada na Casa Legislativa uma audiência pública que teve como principal objetivo buscar apoio para a manutenção da Fundação Anjo de Quatro Patas, que desenvolve um trabalho em defesa dos animais (cães e gatos) do município de Alagoinhas. A audiência, de autoria do vereador João Henrique Paolilo foi resultado do requerimento nº 29/17, apresentado anteriormente e submetido à votação dos vereadores.

A mesa foi composta, além do vereador autor por: Sra. Joselice Farias, presidente da Fundação Anjo de Quatro Patas, Mônica Souza, veterinária e diretora técnica da entidade, Bruno Fagundes, Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e Tessa Sagot, subsecretária de saúde.

João registrou a não obrigatoriedade dos colegas vereadores em relação à presença nas audiências públicas, reafirmando os compromissos diversos destes em relação aos seus mandatos em busca do atendimento às demandas da população.

A Sra. Joselice esclareceu para todos os presentes o papel e a responsabilidade de cada integrante da sua equipe e os meios disponíveis para a sobrevivência da Fundação, tais como as doações recebidas e o contrato firmado com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA) e a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) que destinam 5mil reais mensalmente (cada uma) para cuidar dos animais vítimas de maus tratos. A presidente esclareceu que a verba cobre apenas o trato de 50 animais e que hoje possui pelo menos 2x mais que esse número: só de cães atualmente existem 152.

A diretora técnica da fundação, que desenvolve a parte clínica voluntariamente, lembrou a alta mortalidade dos animais quando começou o seu trabalho na entidade: “Hoje a fundação enfrenta o problema de superlotação, pessoas que não tem muita consciência cometem atos de abandono de animais saudáveis…”.

Bruno Fagundes cumprimentou a todos e enalteceu a iniciativa do vereador autor, complementando: “…Hoje a fundação é contratada do município para fazer esse controle, na verdade o contrato tem como objeto a guarda e o tratamento dos animais de pequeno porte, cães e gatos. É repassado mensalmente 5 mil reais do centro de custo da SEDEA e 5 mil reais do centro de custo da SESAU, e fica estipulado o tratamento e guarda de 50 animais/mês…”

O vereador João Henrique Paolilo, durante a audiência pontuou: “É necessário frisar o belíssimo trabalho desenvolvido pela Fundação Anjo de Quatro patas ao longo dos anos da sua existência. Ao tomar posse como vereador em janeiro, e estendo essas palavras ao meu colega Luciano Almeida, tomamos a inciativa de procurar a fundação e de lá pra cá temos desempenhado, cada um do seu jeito, cada um com sua filosofia de trabalho, esforços para que o trabalho da fundação seja a cada dia fortalecido.”. O vereador falou também da destinação de um valor da sua emenda para apoiar a entidade.

O vereador Luciano Almeida parabenizou  e reafirmou a parceria na luta a favor dos animais.

A ex-presidente da entidade, Elba Oliveira declarou publicamente o seu amor à causa e lembrou o período em que esteve à frente da fundação, falando da importância do trabalho desenvolvido, da sua luta pela manutenção e dos obstáculos enfrentados desde o surgimento no ano de 2005.

Emília Paolilo, representante do colégio Destaque e mãe do vereador autor, amante de animais, sugeriu que os parlamentares lançassem uma campanha para estimular a adoção de animais de raça indefinida, principalmente pelas pessoas que tem melhor poder aquisitivo e já sustentam animais de raça de estimação.

Por fim, o vereador João Henrique Paolilo reafirmou o seu compromisso com a Fundação, agradeceu a presença dos colegas vereadores ao tempo que solicitou que também abracem a causa ao longo do mandato, encerrando a audiência.

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas

Foto – Kekeu Barreto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 2 =

Ouvidoria

perm_phone_msg (75) 3318-3319
Horários de funcionamento. Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h