Presidente da Câmara encaminha pedidos de CPIs à Procuradoria Jurídica da Casa

 

IMG_7633O presidente da Câmara Municipal de Alagoinhas, vereador Roberto Torres (DEM), encaminhou ao Setor Jurídico da Casa os dois requerimentos assinados pela bancada de situação, assinada por cinco vereadores e sem o aval do líder Gilson Guimarães, que negou apoio à proposta, solicitando a instalação de duas CPIs.

 

Segundo Roberto Torres, a sua decisão se baseia no cumprimento  ao Regimento  Interno da Câmara, mas que é obrigado a receber os requerimentos que chegam à  Câmara.

 

As duas CPIs propostas pela bancada propõem a criação de Comissões Parlamentares de Investigação das ações das empresas de telefonia móvel e dos Correios, o que não encontrou amparo legal por se tratar de assuntos da esfera da União.

 

A oposição vai mais longe e acredita que as CPIs propostas são para barrar a CPI da Semas e da SMTT, pois o Legislativo tem um limite para criação de Comissões Parlamentares de Investigação.

 

A afirmação mais contundente veio do vereador Luciano Sérgio (PT). Segundo ele a bancada de situação quer frear a CPI da Semas por entender que a investigação pode encontrar irregularidades que possam comprometer a administração do prefeito.

 

A bancada já pediu por diversas vezes uma lista dos beneficiários das casas do Programa Minha Casa, Minha Vida, mas até hoje não foi atendida. Ainda levantam suspeitas os inúmeros contratos com fornecedores e do Programa Bolsa Família, disse o vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ouvidoria

perm_phone_msg (75) 3318-3319
Horários de funcionamento. Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h