Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa realiza reunião itinerante na Câmara Municipal de Alagoinhas* 

A Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa realizou na manhã de hoje (11), na Câmara Municipal de Alagoinhas, reunião itinerante para tratar dos problemas do Hospital Regional Dantas Bião (HRDB). Os deputados Alex da Piatã e José de Arimatéia, respectivamente, presidente e vice-presidente da comissão, e a deputada Ludmilla Fiscina, autora da proposta da sessão e que compõe da comissão, participaram dos debates.
Os prefeitos Joaquim Neto (Alagoinhas), Branco Sales (Cardeal da Silva), Alexsandro Menezes de Freitas (Acajutiba), presidente do Consórcio Interfederativo de Saúde da Região Norte e Agreste Baiano, Pequeno Sales (Catu), vice-prefeito de Entre Rios, secretários municipais de Saúde de Alagoinhas, Aporá, Sátiro Dias, Crisópolis e Ouriçangas, Rogério Ramos, diretor do Núcleo Regional de Saúde, Maria Emília Santos, diretora-geral do Hospital Dantas Bião, Aline Pereira dos Santos, diretora da Policlínica Regional, vereadores de municípios da região, representantes da sociedade civil organizada participaram da sessão itinerante da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.
Representando o poder legislativo de Alagoinhas participaram o presidente Cleto da Banana, as vereadoras Juci Cardoso e Raimunda Florêncio e os vereadores Anselmo Bal, Anderson Baqueiro, Edy da Saúde, Djalma Bispo, Francisco Thor de Ninha e Márcio da Cavada.
A melhoria do atendimento do Hospital Dantas Bião, unidade de referência para mais de três dezenas de municípios, foi tema de todas as intervenções das autoridades e representantes da sociedade civil ao longo da sessão.
O vereador Cleto da Banana, presidente da Câmara Municipal de Alagoinhas, elogiou a inciativa de deputada estadual Ludmilla Fiscina em propor a realização da sessão itinerante para discutir os problemas do Hospital Dantas Bião e buscar as soluções possíveis para o melhorar o atendimento no curto prazo. Ele também fez referência ao empenho da diretora-geral do hospital visando melhorar a prestação do serviço. “O mais importante desta discussão são aqueles que precisam do serviço”, pontuou, acrescentando “que o governador Jerônimo Rodrigues demonstra, ao assegurar a construção do novo regional em Alagoinhas, vontade de trabalhar com objetivo de melhorar a saúde e o atendimento aos pacientes dos municípios que têm a unidade como referência”.
Presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Alagoinhas, a vereadora Juci Cardoso afirmou, inicialmente, “que o nosso país é aqui”, em referência à necessária busca de soluções para os problemas no plano municipal. A parlamentar elogiou o trabalho da diretora médica do hospital, Flávia Meira Guimarães.
Ela cobrou da direção geral do Hospital Regional Dantas Bião mais informações e transparência sobre o processo seletivo para contratação de profissionais, fiscalização em relação ao assédio moral cometido contra funcionários de empresas terceirizadas que atuam na unidade de saúde. “Este não é o perfil do governador e nem de nosso governo”, salientou, ao tornar públicas questões de assédio no ambiente de trabalho do Dantas Bião.
A vereadora elogiou a iniciativa da deputada estadual Ludmilla Fiscina, autora da proposta de realização da reunião itinerante, e afirmou que podem contar com ela nos debates e na busca de soluções em temas importantes para a sociedade. “Nossa responsabilidade é ouvir e resolver os problemas”, enfatizou.
O vereador Thor de Ninha reconheceu os problemas atuais da saúde, mas afirmou que o teto de gastos, implantado no governo Michel Temer, e a pandemia da Covid-19 agravaram ainda mais a situação da saúde pública. Para ele, a saúde deve ser tratada como um sistema. “Se um dos elementos deste sistema não funciona, o cidadão morre”, argumentou.
Ele defendeu a realização de diagnósticos precoces visando garantir atendimento especializado e salvar vidas. O vereador falou sobre a necessidade imediata de investimentos na saúde pública também em médio prazo. “Precisamos, verdadeiramente, de um diagnóstico de como está a saúde, para que a partir de dados e informações os investimentos sejam feitos em áreas com maior demanda”, salientou.
O vereador Anderson Baqueiro disse que a deputada Ludmilla Fiscina “realmente demonstra vontade de trabalhar e resgata o sentimento de Alagoinhas ter representante na Assembleia Legislativa, algo que não acontecia há muitos anos”.
Segundo ele, a solução dos problemas do Hospital Dantas Bião é um grande desafio e em sua opinião os debates desta sexta-feira na Câmara Municipal foram importantes. “A partir da presença de deputados da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa conseguiremos ampliar o debate sobre o hospital” salientou.
O vereador defendeu que os investimentos do governo do estado na área de saúde em equipamentos de maior porte sejam feitos em Alagoinhas, a exemplo do novo hospital regional, cujo investimento previsto é de R$180 milhões. “É a principal cidade da região”, argumentou.
Após as falas das autoridades, foi aberto espaço para a participação de representantes da sociedade civil, que apresentaram críticas sobre o atendimento do hospital e sugestões para a melhoria do serviço prestado.
Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas
Fotos – Jhô Paz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 5 =

Ouvidoria

Horários de funcionamento.
Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h
perm_phone_msg (75) 3318-3319

Onde Estamos?