Projeto Parlamento Jovem revela talentos para o futuro da política de Alagoinhas

Entre a segunda-feira (2) e quinta-feira (5), estudantes do Colégio Modelo participaram do Projeto Parlamento Jovem, iniciativa conjunta da Faculdade de Administração da Universidade Federal da Bahia (EAUFBA), do Programa de Estudos Aplicados em Administração Política (PROAP – UFBA), do Grupo de Defesa e Promoção Socioambiental (GERMEN) e da Câmara Municipal de Alagoinhas.

Reunidos na tarde de segunda-feira (2), no auditório do Colégio Modelo, para palestras sobre questões ambientais, história de Alagoinhas, segurança pública, na sequência os estudantes participaram de oficinas para debates de temas relevantes para a formação cidadã.

Na tarde de terça-feira (3), eles visitaram o Memorial do Legislativo e assistiram a sessão ordinária da Câmara Municipal como preparativo para a instalação efetiva do Parlamento Jovem, que aconteceu no plenário da Casa na tarde de quarta-feira (4) com a presença dos vereadores Cleto da Banana, Jaldice Nunes, Luciano Almeida e Luma Menezes, professores do Colégio Modelo e estudantes da instituição.

Emoção

Escolhidos por votação de seus colegas, nove vereadoras e oito vereadores se sentaram nas cadeiras da Mesa Diretora e nos 12 assentos destinados às vereadoras e vereadores que compõem parlamento alagoinhense.

As propostas debatidas na quarta-feira (4) – ampliação do número de guardas municipais, cumprimento pelo poder Executivo de leis que garantam preservação ambiental e educação sexual nas escolas municipais – simularam a realização de uma sessão real da Câmara Municipal.

A mesa diretora composta por Nalanda Nogueira, que exerceu a presidência, Raylan Victor, na vice-presidência, Maria Luiza Graciliano e Joélia Lima, respectivamente, 1ª e 2ª secretárias, dirigiu os trabalhos e encaminhou a defesa das propostas, as votações nominais e as justificativas de voto.

A emoção das estudantes, maioria do Parlamento Jovem, e dos estudantes, foi demonstrada em vários momentos. O público percebeu a aptidão política da maioria das adolescentes e dos adolescentes que participaram do projeto.

Participaram da sessão os seguintes estudantes, além daqueles que compuseram a mesa diretora: Andrei Silva Santos, Deyvison Rodrigo Almeida de Jesus, Fredson Batista de Jesus, Iris Luciana Santos Duarte, Ricardo Silva, Micael Azevedo dos Santos, Samara Ramos Queiroz, Daniel Meireles Pereira da Silva, Wesley Felipe S. de Assis, Yana Roberta S. Rabelo, Maria Clara Santana de Souza, Maria Vitória Antunes Bonfim e Maria Eduarda da Silva Santos.

Tribuna Popular

Na quinta-feira (5), como última atividade do Projeto Parlamento Jovem, a estudante Nalanda Nogueira, escolhida para representar os alunos do Colégio Modelo, usou a Tribuna Popular da Câmara Municipal e agradeceu em nome do alunado e da instituição de ensino pela oportunidade, “tendo um projeto deste porte que possibilitou a nós aprender e entender como realmente ocorrem as coisas dentro do legislativo, cada processo, normas e o modo como tudo acontece, tendo como base a Constituição de 1988, que hoje, 5 de outubro de 2023, completa 35 anos de apresentação”.
Na sequência, Nalanda Nogueira afirmou que a Constituição de 1988 garante uma série de direitos e princípios que possibilitam o funcionamento do Estado brasileiro, desde os direitos individuais, sociais e os deveres comuns a todos. “Queremos indicar ao Executivo na pauta de segurança a necessidade de concurso para guardas municipais visando aumentar o número de profissionais efetivos atuando nas ruas, possibilitando maior cobertura territorial que resulta em respostas mais rápidas e eficientes. Também gostaríamos de propor ao Legislativo um projeto para todas as escolas do município sobre a educação sexual. A proposta apresentada tem como objetivo proteger as crianças de abusos provenientes da sua própria casa, com a construção de um espaço para cuidados nas escolas com a participação de psicólogos, enfermeiros, conselheiros tutelares e assistentes sociais que farão o papel de acolhimento destas crianças. Além disso, requeremos informações ao prefeito municipal sobre a lei 1.470/01, que dispõe sobre a política municipal de saneamento ambiental de Alagoinhas”, salientou a estudante ao concluir seu discurso na tribuna popular, sob aplausos de vereadoras, vereadores, professores e estudantes do Colégio Modelo.

A professora Elizabeth Matos Ribeiro, coordenadora do PROAP, o professor Oscar Chassagnes, também da UFBA, o advogado e pesquisador Cauan Lincoln, e Cláudio Mascarenhas, diretor do Grupo Germen, foram os responsáveis pela realização do projeto.
O Projeto Parlamento Jovem foi criado no âmbito da Câmara Municipal de Alagoinhas por iniciativa da vereadora Luma Menezes.

Fonte: Ascom Câmara Municipal de Alagoinhas Fotos: Jhô Paz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + nove =

Ouvidoria

Horários de funcionamento.
Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h
perm_phone_msg (75) 3318-3319

Onde Estamos?