Vereadores se queixam da falta de celebração à água em Alagoinhas

Radiovaldo VE IMG_8355 Jorge-Mendes vereador-Luciano-SérgioConsiderada a segunda melhor água do planeta, a melhor do Brasil e motivo para a tração de inúmeras indústrias do ramo cervejeiro, a cidade de Alagoinhas passou em branco nas comemorações ao Dia Mundial da Água, celebrado em várias partes do mundo por orientação da ONU – Organização das Nações Unidas.

A Câmara Municipal já aprovou um requerimento em que transforma o dia 22 de março em data especial a ser comemorada com audiência pública ou sessão solene, data em que o órgão que cuida do abastecimento, o SAAE, realizaria tal evento, queixou-se o vereador Radiovaldo Costa (sem partido), ao abordar o assunto no plenário na sessão de hoje (22).

Ele falou que a cidade de Alagoinhas não tem uma gestão adequada na captação, armazenamento e distribuição da água, bem como deficiente no seu sistema de esgotamento sanitário. “Alagoinhas não tem mais tratamento de esgoto, não houve continuidade aos programas de ampliação da rede e o sistema está completamente sucateado”, desabafou o vereador.

Técnico em meio ambiente e profundo conhecedor do assunto, o vereador Luciano Sérgio (PT) foi na mesma linha do colega Radiovaldo. Segundo Luciano, o Governo Municipal abandonou de vez o sistema de abastecimento de água da cidade, e o que seria uma celebração virou uma lamentação, citando as estações de tratamento abandonadas, o sistema de captação e distribuição deficitários e o saneamento básico sem nenhum progresso nos últimos sete anos. “O que há de importante na alma do alagoinhense é a água, algo que ele se orgulha pela qualidade”, disse o vereador.

Membro da bancada governista, o vereador Lenaldo Simões disse que há muito o que debater sobre a água e esgotamento sanitário em Alagoinhas, lembrando que em 1992 a ONU, através de grandes debates na Rio Eco92, determinou que a água deve ser de interesse universal.

Líder do Governo na Câmara, o vereador Gilson Guimarães fez uma grande defesa do SAAE como uma instituição importante para a vida das pessoas em Alagoinhas. Segundo ele, está nas mãos da Câmara Municipal um projeto para captação de recursos junto ao Desenbahia para melhorar a parte estrutural e gerar economia financeira importante para a autarquia. Ele lembra também que houve um crescimento substancial na construção de novos condomínios na cidade, e que o Governo anterior não deixou projetos para a captação dos recursos junto ao Governo Federal, bem como investimento na redução da rede com tubulação de amianto.

O vereador Jorge Mendes (PSDB) foi mais enfático. Ele disse que hoje é o dia da vergonha sem água, “pois o SAAE está pedindo socorro, fruto de um dos piores governos que já passaram por aqui”, disse Jorge.

Vanderley Soares

Jornalista MTE 4848

Assessor de Comunicação Social

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

Ouvidoria

perm_phone_msg (75) 3318-3319
Horários de funcionamento. Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h