Período pré eleitoral faz esquentar clima político na Câmara de Alagoinhas

IMG_1708IMG_5320 IMG_5296 IMG_1710

A campanha eleitoral ainda não começou, mas o clima político na Câmara Municipal, com mudanças de partidos, declarações, acirramentos e trocas de farpas já dão o tom de como será o ano de 2016 na principal casa política da cidade, mas, principalmente, no período eleitoral.
Os dois líderes, da oposição e governo, Gilson Guimarães e Jenser Souza, protagonizaram discussões importantes sobre o posicionamento político de cada grupo, fruto de mudanças partidárias ocorridas nos últimos dias. A situação perdeu dois vereadores, Caio Ramos e Carlos Renan, aumentando a sua bancada de quatro para seis. Ainda falam que mais dois podem abarcar na oposição até o final da abertura da janela eleitoral, em 2 de abril. Jenser Souza foi nomeado pelos vereadores da oposição como líder da bancada, uma vez que é dada como certa a sua filiação ao partido Rede Sustentabilidade, prevista para o dia 26 de março.
Na última terça-feira, 8, o vereador Caio Ramos viajou para Salvador e lá se filiou ao Rede Sustentabilidade, partido em que o vereador Radiovaldo Costa já está filiado. Mais jovem vereador de Alagoinhas com 24 anos, Caio Ramos foi eleito com 1.243 votos, e até a semana passada compunha a bancada Governista. Ele diz não ter cargos no Governo e deixa a bancada sem ódio e sem rancor, apenas pensando na eleição que se avizinha. Caio defende que Alagoinhas saia dessa polaridade política entre dois homens, e parta para novas opções.
No mesmo dia, o vereador Carlos Renan esteve com o presidente do Diretório Estadual do PHS, Júnior Muniz, com quem assinou filiação e teve a garantia de que vai presidir o Diretório Municipal da legenda, em substituição a Caio Ramos, que no ano passado assumiu a presidência municipal do partido.
Carlos Renan fez um discurso duro, mas declarou à Ascom da Câmara que vai continuar pensando na cidade, e, por isso, vai votar naquilo que for importante para ela. Renan também afirmou que não tem cargos no Governo e que não precisa se humilhar diante do Executivo. “Sou um empresário, todos me conhecem, não preciso bajular prefeito pra conseguir nada”, desabafou Renan.

FONTE: ASCOM CÂMARA

FOTOS: Bigu Góes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =

Ouvidoria

perm_phone_msg (75) 3318-3319
Horários de funcionamento. Segunda à quinta-feira: 08h às 13h, 14h às 17h. Sexta: 8h às 13h