AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE EMPRÉSTIMO DO FINISA

Foi realizada no dia 03 de março, na Câmara Municipal de Alagoinhas, uma Audiência Pública para tratar da mensagem nº 006/2020, referente ao projeto de lei nº 05/2020, que autoriza o Poder Executivo a contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal. Segundo o governo, a linha de crédito será destinada a projetos de infraestrutura e saneamento para melhoria da qualidade de vida da população.

Ao iniciar a audiência, o presidente Roberto Torres leu o ofício endereçado ao legislativo esclarecendo que cumpriu com todos os procedimentos legais, prazo determinado pela Lei Orgânica do Município em seu artigo 49, parágrafo 1º, ao acatar o pedido de urgência urgentíssima requerido pelo Poder Executivo para apreciar a mensagem nº 006/2020, devendo as comissões designadas apresentarem os seus pareceres no prazo estabelecido de acordo com o Regimento Interno.

A condução do encontro ficou a cargo do vereador José Cleto (Cleto da Banana), líder do governo na Casa Legislativa. Representando o Poder Executivo participaram da formação da mesa: Maria das Graças; Diretora do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE)/Secretária de Infraestrutura, Daniel Grave; Secretário da Fazenda e Roseane Santos; Secretária Municipal de Planejamento e Orçamento.

O plenário ficou lotado de pessoas, entre cargos e técnicos do executivo, representações sindicais, de associações, e lideranças que acompanham assiduamente as sessões ordinárias, além da imprensa local, que também marcou presença.

Foram apresentados, entre outras informações, os impactos no orçamento e as ruas que serão beneficiadas com intervenções como drenagem urbana, pavimentação e urbanização, por meio da operação de crédito/empréstimo no valor de R$ 15 milhões de reais.

O vereador Noberto Alves (Bebé) parabenizou o prefeito Joaquim Neto e as ações realizadas, e ressaltou: “Quem tem sua dor é quem geme. Quem mora na lama sabe o valor, a importância de um empréstimo desse”.

Os vereadores da bancada de oposição questionaram a aquisição do empréstimo, citando nas suas falas algumas obras inconclusas do governo, a exemplo de ruas, creches e praças. O vereador Luciano Almeida cobrou que constasse na explanação do executivo os valores e serviços que serão aplicados em cada rua listada.

Augusto Mendes, presente no plenário destacou: “É inadmissível mais esse empréstimo pra cidade de Alagoinhas desde quando a gente vê ruas que começam e não terminam…Cadê a renda da cidade que todo mundo só fala em tomar empréstimo?”

Ao tempo que Alda Jovino ressaltou: “Sou a favor sim do empréstimo! As pessoas que estão lá fora precisam. Os trabalhos estão sendo executados, só não se pode fazer do dia pra noite.”

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas
Foto – Kekeu Barreto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

fale conosco